Criação de Instituições e Entidades Privadas Sem Fins Lucrativos

  • -
Terceiro Setor

Criação de Instituições e Entidades Privadas Sem Fins Lucrativos

Tags : 

Criação de Instituições e Entidades Privadas Sem Fins Lucrativos

A grande dificuldade das instituições em conseguir recursos para seus projetos sociais, decorre muitas vezes da própria estrutura estatutária da instituição.

Geralmente a instituição, quando da sua criação, utiliza um modelo já pronto, disponível na internet, o que achamos até salutar, pois democratiza o acesso as informações e possibilita a quem não tem o conhecimento, a utilização de algo que foi proposto e elaborado por outra pessoa.

No entanto, em nossos anos de experiência na criação de instituições, deparamos com uma centena de problemas que ocorrem pela falta de experiência, pela ausência de um foco bem definido quanto ao que se quer realizar com aquela instituição e quanto ao tipo de recurso que se deseja pleitear para a mesma.

Podemos citar como exemplo, alguns erros grassos na criação de uma instituição:

– Nomes de instituição que não tem haver com a finalidade da mesma;
– Falta de conteúdo, artigos, e/ou determinações legais exigidas pela regulamentação;
– Criar a instituição para uma finalidade e tentar utilizá-la para outra;
– Criar uma associação quando na verdade queria-se uma fundação;
– Criar uma ONG, com características de assistência social quando na verdade a ideia era uma instituição para utilização nos meios de comunicação;
– Cria-se a instituição para pleitear recursos de um órgão público específico, e descobre que o estatuto apresenta conteúdo diverso do aceito;
– Cria-se a instituição para pleitear o reconhecimento de Interesse Público e na verdade o estatuto tem características de Utilidade Pública;
– A instituição não cumpre as determinações de certos órgãos concedentes, e etc.

É uma infinidade de detalhes e problemas que não são avaliados quando se vai criar a instituição. Por isso, há no Brasil, mais de 95% de instituição que não conseguem recursos dos organismos institucionais. O erro geralmente se inicia na criação da instituição.

Por isso que, em nosso processo de captação de recursos, a criação de uma instituição, é uma das fases do processo, como se pode depreender da imagem abaixo, a criação da Instituição está na fase 1. Fase em que se inicia todo o processo para que realmente o recurso possa chegar efetivamente na Instituição, e para que ela, possa executá-lo a contento e possa realizar uma perfeita prestação de contas, para estar novamente preparada para receber novos recursos.

Muitas instituição conseguem um recurso do governo, mas nunca mais conseguem outro, pois no momento da execução do projeto, não houve um acompanhamento adequado nem uma orientação efetiva e a execução fica mal realizada e consequentemente, a prestação de contas, não chega a bons termos, impedindo a instituição de se qualificar novamente a receber novos recursos.

Capta360

APROVAMOS A CERTIFICAÇÃO DE INSTITUIÇÃO JUNTO AO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA COM CERCA DE 30 DIAS.

Se deseja criar uma instituição, seja de qual tipo for, entre em contato conosco, que teremos o maior prazer em orientá-lo(a).

No aguardo de seu contato.


Pesquisar

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: